quinta-feira, 11 de junho de 2009

Quinta- feira, 11 de junho de 2009 à 01h 46min.
Palácio Lilás

Tudo funciona da forma que eu quero, já disse isso, não adianta tentar de outro jeito.

Você tentou ser esperto, mas esqueceu que eu sou mais.
Você tentou me fazer de boba, mas depois o bobo foi você, e o pior é que foi pego pela sua própria mentira, ela mesma o fez de bobo.
Porque eu contei pra todo mundo, porque todos me contaram também e você entrou em hoque ao pensar que eu poderia já saber.
Mas o pior ainda está por vir...
Você achou que um telefonema te livraria de mim?
Contar a verdade e achar que eu sou dessas que chora e fica se lamentando de como foi burra, ia te poupar de ter que me ver novamente?
Eu ainda vou te olhar nos olhos, quero ouvir você dizendo que mentiu, quero que você se envergonhe ao me ver, quero que saiba o lixo que você é.
Quero dividir com você tudo que penso a seu respeito, do quanto você é tolo.
Quero olhar nos seus olhos e dizer “Já pensou se eu tivesse me apaixonado?”. Dei uma de louca e você não encontrou saída pra contornar a situação.
Você provocou sem saber com quem estava lidando.
Você não me conhecia. Você não me conhece!
Você não sabe o quão fria eu posso ser.
Você é o trouxa da história, tudo que fez aumenta a vergonha que você vai sentir ao me ver.
Achou mesmo que eu ia desligar o telefone na sua cara e não querer te ver nunca mais?
Acha que eu ia perder a oportunidade de jogar na sua cara o quanto você foi imbecil?
Da próxima vez que for mentir a alguém, tenha certeza de que este alguém seja realmente mais burro que você.
Uma coisa você acertou sobre mim. Você disse que eu era esperta, mas não sabia o quanto mais que você.
E a outra? E aquela coitada que está em casa? E a forma com a qual você se referiu a ela? É ela que te espera acordada chegar todo dia de madrugada? Ela quem vai chorar e se lamentar o quanto foi burra ao acreditar que você era essa propaganda de bom menino?
Veremos...
Não sou má, apenas aprendo com a vida.
Não reclame, você só tem tudo que você mesmo criou, agüente as conseqüências dos seus atos, das suas escolhas e das suas palavras.
E se eu te levasse a sério? Você ia desmentir pros meus pais?
Ia fugir, como um covarde! Como o outro.
Tentando esconder sua vergonha na distância entre os dois telefones? Não será o bastante para me manter afastada!
Você vai ouvir tudo que eu tenho a dizer, você vai ver o quanto pode ser humilhante cair na própria mentira, você vai ver que eu não envolvi nem um pouquinho dos meus sentimentos, apenas meus impulsos. Você vai ver que tudo poderia ser pior, você vai ver o quanto pode ser desastroso enganar a pessoa errada.
Tenho pena dos tolos, tenho pena das muitas que já devem ter caído na sua lábia e nunca desconfiaram de nada.
Pobre menino do Paraná, tão meigo, tão doce, tão atencioso, com planos conjuntos e juras de casamento.
Mas a menina do sorriso radiante, aquela inteligente, estudiosa e linda, que você sonhou em ter, que tanto te encantou, que você criou até um novo mundo e uma nova vida para inseri-la, também pode ser seu pior pesadelo, pode ser aquela que vai te perturbar no ponto que mais o incomodará, num ponto que você passar um bom tempo se esforçando pra esquecer.
Você é um fraco.
Você é um lixo e eu vou te provar isso!
E você nunca mais vai se achar o galante conquistador de inocentes menininhas.
Por isso que eu sempre analiso com quem eu estou lidado antes de me envolver.
Por isso que o tesouro que todos cobiçam está muito longe de ser achado.
E eu até fui boazinha, te avisei no primeiro dia “você não me conhece!”, “eu não sou fácil de ser conquistada” e “eu não me apaixono fácil por qualquer um!”Mas o pior pra você, ainda está por vir, até segunda- feira você tem tempo pra pensar em várias desculpas convincentes pra justificar a sua teia de mentiras, cada uma maior que a última para não cair em contradição.
Mas segunda- feira você só vai falar o que quiser ouvir!
E se quiser discutir ainda te mando calar a boca!
Quem sabe não rola até um tapinha na cara, desses dados de mão cheia, com gosto e prazer, que dói no orgulho do indivíduo, não na cara bem acertada!
Não! Não vale a pena colocar minhas belas mãos de princesa em você!

Acho que estou crescendo e me tornando mais forte.
Há alguns meses, talvez se tivesse acontecido no início do ano, eu iria chorar até as lágrimas se acabarem e você continuaria o mesmo pacóvio {cretino, lorpa} que estás prestes a deixar de ser.
Fico feliz em saber que saí por cima da situação e você é motivo de chacota entre os seus próprios amigos que já sabiam que eu sabia de tudo!

Por quê?
Porque eu estou Cansada de ser boazinha!


*Com todos os direitos reservados, expressos e linkados!
Segunda- feira eu volto com novidades sobre esse capítulo ainda não terminado!

----------*----------


Ah, só pra constar, estou feliz, tive uma noite muito agradável.
Saí 8h da faculdade e fui com o Campneus num restaurante árabe delicioso, nos divertimos muito, a comida é formidável. E depois ainda comi os chocolates de menta feitos pela Lucy {minha vizinha}, mesmo sabendo que sou alérgica a menta, não consegui resistir.
Estou tentando deixar bem claro para o Campneus que somos amigos, apenas amigos.
Por hoje é só pessoal!

*That`s all folks!*

4 comentários:

malvada-online.com disse...

uhhh que gostinho de raiva neste seu texto

Carla Martins disse...

Nossa, vc está mesmo irada, né?

Mas, não perde tmepo com besteira. Aproveita e dá uns beijos em quem tá te dando mole! Hahahaha

Beijo

Naty Abacaty disse...

minha Krol preferida! obg sempre, seu lugar no meu coração é reservado.
fico feliz por estar bem, muito. (:

conte sempre cmg tb!
e aliás, otimos posts.

beijoss.

Yuuko-sama disse...

todos nos estmaos cansadas de sermos boazinhas
saudades tb
assi mke der ponho fotos do meu cabelo