quarta-feira, 18 de agosto de 2010


Quarta-feira, 18 de Agosto de 2010 às 00h56min.
Plácio Lilás
Cabeça que não desiste de pensar e não me deixa dormir em paz.

Definitivamente, cigarros são tão despreocupantes.


Ainda não matei toda a saudade de você. Sim, sinto falta do seu perfume... Não só do perfume, claro.
Sinto falta dos teus abraços, como os de hoje, abraços como os meus, que não se sente por ser apertado, mas sim por ser com o coração.
É tão difícil estar perto de você sem tocar-lhe. É ruim vê-lo todos os dias e não conseguir conversar nem metade do que eu queria. Mas seria ainda pior se não pudesse vê-lo ou se estivesse longe.
Parece que nem todo o tempo do mundo seria o bastante. Mas o tempo é relativo demais. O que significa o tempo?Quanto tempo é necessário para cada coisa?
Quanto tempo pra fazer alguém inesquecível?
Um dia, ou todos eles?
Quanto tempo é necessário para se ter certezas?
Um ano, ou uma vida toda?
Quanto do tempo é gasto? E com o quê? E por quê?
Queria ter todo o tempo, para fazer com ele o que quisesse. Ou não queria que existisse o tempo, assim teria tudo no já, no agora, sem ter medo de que o tempo levasse o que gosto.
Talvez todo o tempo não seja sufiente. Talvez o tempo não seja nem importante. Mas mesmo assim o queria o tempo todo, todo o tempo.
Como pode em tão pouco tempo fazer me querer-te por tanto tempo?
Até um até mais tarde me deixa com saudades.
Eu só queria poder estar com você, poderia ser agora.


Sonhei com ele de novo.
Foi um sonho chuvoso. Num clube. Tinha muitas pessoas. Tinha carro. Tinha ele.
Em todos os meus sonhos ele segura minha mão, sinto me segura de mãos dadas com ele. Estranho é que posso sentir essa segurança também no sonho.
Sonhos constantes com a mesma pessoa, isso jamais havia me acontecido antes. Na verdade dificilmente sonhava com pessoas conhecidas.
O primeiro sonho com ele foi um choque. Nos outros talvez já estivesse mais acostumada com ele na minha vida.
Continua sendo um mistério para mim. Sonhos muito diferentes, mas todos com ele, muitos vários.
Recolhi uma opinião sobre sonho:
“Essa pessoa dos teus sonhos deve ser apaixonada por você. E talvez até tenha consciência de que visita seus sonhos pelo desejo de querer-te. Isso é bom. Diga a essa pessoa o que sente em relação aos sonhos, talvez a pessoa goste de saber.”
Só tenho vontade de acordar desses sonhos porque tenho a esperança de tê-los reais.
Talvez tudo isso seja porque jamais desisto dos sonhos.

Um comentário:

Ludmilla disse...

Ai, os sonhos podiam sempre se realizar não é mesmo?!?!? beijo.