domingo, 31 de agosto de 2008

Nove de agosto de dois mil e oito
Zero hora e quinze minutos
Ônibus 24


A princesa está virando peão?
Alguém salve a princesa!

Eu penso tanta coisa...
Às vezes quero deixar tudo e ir onde eu realmente sonho, ter a vida que eu gostaria de ter!
Construir aquela casa alquimista nas montanhas, ter meu cachorro e viver do que a natureza me der! Contar os dias no meu calendário, seguir as estações e me guiar pela lua! Dançar, cantar, passear e ter uma vida saudavelmente feliz!
Mas como pode uma pessoa viver assim?
São sonhos distantes da nossa realidade.
Nesse sistema em que vivemos isso é possível?
Como sair do sistema?
Como fugir e viver?


Eu só queria viver à minha maneira!
Mas a minha volta o sistema me aprisiona, faço faculdade de gestão comercial, para manter-me no capitalismo!
Trabalho em uma empresa da qual sou contra sua produção, mas dependo disso para viver. Tenho vontade de chorar toda vez que entro lá, mas ainda faço questão da excelência na qualidade!
Gosto de comprar roupas bonitas e quero ser uma garota estilosa, quero um notebook e um apartamento!
Trabalho para ter minhas próprias coisas e minhas conquistas, sendo que poderia não trabalhar dessa forma e ter uma vida bem melhor, mais digna e menos materialista!
Penso que o mundo poderia ser melhor, mas eu não estou contribuindo!
Que tipo de pessoa eu sou?
Condicionada a viver pelo sistema, estuda para manter-se no sistema e mesmo assim quer destruí-lo!?
Acho sou aquela que sonha demais, mas não consegue ou tem medo de viver fora dele! Ou de desapontar quem está em volta ao largar tudo!
As pessoas se assustam... Mas...
Como destruir um sistema mundial?

Você tem boa capacidade de se colocar além dos padrões esperados pela sociedade.
Torne-se mestre de seus mestres e passe adiante seus conhecimentos.

Um comentário:

MELISSA S disse...

K-rol, eu tenho um amigo socialista que ainda acredita que serão as massas as promotoras da revolução. Eu acho que não. É como Matrix. Vc precisa primeiro entrar no sistema para conhecer suas chaves e poder destruí-lo, mesmo que aos poucos. Eu acho que a independência tem tdo a ver com isso. Quando vc faz o seu trabalho, tão maravilhosamente bem, que o sistema passa a depender de vc de alguma forma, vc consegue negociar melhor as coisas. Veja Bill Gates, Roberto Civita e tantos outros... Eles não precisam ter medo de perder o emprego e mais, eles poderiam pensar em novos modelos de trabalho para aplicarem em suas empresas... Se vc quer mesmo viver numa casa simples, com o seu cachorro, aproveitando da natureza o q ela pode te dar, programe-se para isso. Junte grana, faça uma faculdade em q vc possa ter uma vida mais tranquila. O negócio é vc se aproveitar do sistema pra ser feliz. E tentar se mudar pq só se mudando é q a gente consegue transformar uma pequena parte do mundo. E isso já é alguma coisa, pode acreditar. Bjs